Blog

Pela primeira vez no ano, Paraná registra saldo negativo na geração de empregos formais

Pela primeira vez no ano, Paraná registra saldo negativo na geração de empregos formais

WEB RADIO PINARE

abril 25th, 2019

0 Comments

Segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgado nesta quarta-feira (24), estado fechou 1,2 mil postos de trabalho em março.

O Paraná registrou pela primeira vez neste ano saldo negativo na geração de empregos formais, segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). Em março, 1,2 mil postos de trabalho foram fechados no estado.

O desempenho negativo foi registado após o melhor resultado para um mês em cinco anos, conforme o balanço de fevereiro. Os dados foram divulgados nesta quarta-feira (24).

O relatório do Caged é divulgado mensalmente pelo Ministério da Economia. O saldo de geração de empregos formais corresponde à diferença entre demissões e admissões, e por analisar dados do mercado formal, só entra na conta trabalhadores contratados dentro do regime da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT).

Em março, 99,2 mil pessoas foram contratadas no Paraná, enquanto 100,4 mil foram desligadas de empregos com carteira assinada, conforme o Caged. O salgo negativo segue a tendência nacional.

Para o economista Lucas Dezordi, parte dos resultados reflete um ajuste das expectativas dos empresários e economistas na virada do ano por conta da previsão de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil, que vem sendo revisada para baixo.

“A realidade que a gente começou a observar da atividade produtiva do Brasil e regionalmente é que a recuperação está sendo muito mais lenta que a esperada. No momento em que você ajusta as expectativas, também há um reajuste no ritmo de contratação e até mesmo desligamentos”, explica.

A última vez que o estado fechou postos de trabalho, segundo Caged, foi em dezembro de 2018, quando mais de 26 mil vagas foram encerradas no mercado formal. Veja o gráfico a seguir.Geração de empregos no Paraná nos últimos 12 mesesPela primeira vez estado fecha no negativo em 2019novos postos de trabalho9.2289.2281.7981.798-6.609-6.6092.4852.48510.33910.3399.4879.4876.9376.9375.4505.450-26.838-26.8389.1459.14518.25418.254-1.211-1.211Vagasabr/18mai/18jun/18jul/18ago/18set/18out/18nov/18dez/18jan/19fev/19mar/19-30k-20k-10k010k20k30kFonte: Caged

O último registro de saldo negativo no mês de março foi em 2016, quando 3,8 mil vagas foram fechadas. Pela série história, essa é a segunda vez que o mês de março ficou com saldo negativo desde 2004.

Apesar da queda em março, o economista Lucas Dezordi acredita que o saldo negativo não deva se repetir pelos próximos três meses. “A ideia é que o Caged tenda a se estabilizar e mantenha um saldo ligeiramente positivo”, diz.

Setores da economia

Os principais responsáveis pela queda na geração de empregos formais foram os setores do comércio, indústria da transformação e construção civil. O melhor desempenho foi registrado pelo setor da agropecuária.Geração de emprego por setores da economiaAgropecuária teve o melhor desempenho em março, no Paranánovos postos de trabalho-31-31-541-5419191-462-462-624-6241331332727196196Extrativa MineralInd. TransformaçãoServ. Ind. Utilidade PúblicaConstrução CivilComércioServiçosAdministração PúblicaAgropecuária0-750-500-250250Fonte: Caged

Cidades

Das 60 cidades com mais de 30 mil habitantes no Paraná, 23 fecharam com saldo negativo de empregos em março, segundo o Caged. Após fechar com o melhor resultado do Paraná em fevereiro, Curitiba registrou o pior resultado do estado em março, com -771 vagas.

O melhor desempenho, conforme o Caged, foi registrado em Maringá, no norte do estado. A cidade abriu 184 vagas de empregos formais. O resultado é menor do que o balanço de fevereiro, quando Maringá abriu 1,2 mil postos de trabalho.

Veja as cidades que tiveram o melhor desempenho no Paraná

  1. Maringá: 184
  2. Pato Branco: 180
  3. Ponta Grossa: 162
  4. Araucária: 159
  5. Rio Negro: 124

Veja as cidades que tiveram o pior desempenho no Paraná

  1. Curitiba: -771
  2. Paranaguá: -357
  3. Guaratuba: -334
  4. Cascavel: -221
  5. Londrina: -184

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *