Noticias

Câmera registra momento em que suspeito de matar professora joga faca dentro de residência; VÍDEO


Crime aconteceu em Ponta Grossa, nos Campos Gerais do Paraná, no início da tarde desta quarta-feira (4). Suspeito, que era marido da vítima, foi preso horas depois. Câmera registra momento em que suspeito de matar professora joga faca dentro de residência
Câmeras de segurança registraram o momento em que o suspeito de matar uma professora, em Ponta Grossa, nos Campos Gerais do Paraná, jogou uma faca dentro do quintal de uma residência na tarde desta quarta-feira (4).
Segundo a Polícia Civil, as imagens foram registradas momentos depois do crime. Luciane Ávila, de 42 anos, foi morta enquanto chegava na escola com o filho para trabalhar.
O suspeito do crime é o marido da vítima, Marcelo Ávila, de 46 anos. Ele foi preso pela Polícia Militar (PM) horas depois da morte da professora. Após a prisão, ele foi levado para a delegacia da cidade.
Em entrevista à RPC, o suspeito confessou o crime e disse que fez o ato no calor do momento.
“Eu descobri a traição. A gente era ministro da igreja, eramos palestrantes do encontro matrimonial. O que me judiava era ela não deixar eu ficar com o meu filho. Eu amava ela”, disse.
De acordo com a Polícia Civil, o casal estava em processo de divórcio. A professora havia entrado com um pedido de medida protetiva nesta terça-feira (3).
Marcelo Ávila foi preso pela Polícia Militar (PM)
Alceu Nievola/RPC Ponta Grossa
O crime
Luciane Ávila foi esfaqueada na frente do próprio filho, de acordo com uma testemunha. O Corpo de Bombeiros informou que ela foi ferida na região do tórax, abdômen e da perna.
A professora foi socorrida, e a equipe de resgate tentou reanimá-la durante aproximadamente meia-hora.
Um homem, que estava no local, tentou a ajudar a vítima e sofreu um ferimento no braço. Ele foi socorrido, levado para um hospital da cidade e passa bem.
Depois do crime, policiais civis e militares iniciaram buscas pelo suspeito. Gustavo Brinski, subcomandante do Batalhão da PM de Ponta Grossa, disse que o suspeito não reagiu à prisão após ser localizado.
“Foi feito um cerco com as viaturas operacionais ostensivas. O 1º Batalhão de Polícia Militar logrou êxito em encontrar a motocicleta abandonada no acostamento e o autor dos fatos caminhando sentido Carambeí”, disse.
Situação foi registrada no início da tarde desta quarta-feira (4)
Bruna Bronoski/RPC Ponta Grossa
Veja mais notícias da região no G1 Campos Gerais e Sul.

WEB RADIO PINARE

4 de dezembro de 2019

Sem Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *